“Quem Quer ser um Milionário?”, Danny Boyle, 2008

quem-quer-ser-um-milionario-poster012

Quem Quer Ser um Milionário

Em sintese, o que posso falar do filme “Quem Quer Ser um Milionário?” é que quanto cinema, ele é simplesmente arrebatador.

Não atoa, desde sua estréia em festivais em agosto de 2008, ele tem levado prêmios e mais prêmios pelo mundo todo.

Vencedor do Oscar de 2009 de melhor filme e melhor diretor para Danny Boyle, esse é o único dos filmes que concorreram, com final feliz. Curioso perceber que o Oscar, está cada vez mais polêmico e autoral. O ano de 2009 em especial, o Oscar está com uma seleção incrível de filmes.

“Quem Quer Ser um Milionário?”, já nasce clássico. O diretor Danny Boyle tem construído uma filmografia marcante e coerente. O diretor já tem filmes que viraram clássicos de um geração, faltava somente a consagração do maior prêmio do cinema mundial. Agora ele o tem.

O diretor de “Trainspotting” e “A Praia“, traz agora referências do cinema de Bollywood e “Cidade de Deus” pra fazer um filme polêmico, agil, engraçado, e apesar de tudo pelo que passa o personagem principal, Jamal Malik, um filme feliz.

Uma historia de amor, na verdade, amor é o tema principal de pelo menos três filmes que concorrem ao Oscar em 2009, o tema está em “Quem quer ser um Milionário”, “O Leitor” e “O Curioso Caso de Benjamin Button”.

A fotografia de Anthony Dod Mantle, montagem de Chris Dickens, o roteiro de Simon Beaufoy, baseado em livro de Vikas Swarup foram vencedores do Oscar em suas categorias. Tudo realmente está incrível.

A trilha sonora de A.R. Rahman é empolgante, emocionante e inovadora. O filme foi vencedor do Oscar de melhor trilha sonora e abocanhou também o de melhor canção orginal com a música Jai Ho . O compositor A.R. Rahman, é compositor de pelo menos uma centena de filmes de Bollywood. Compôs a trilha vencedora do Oscar do filme “Quem quer ser um Milionário?” em apenas vinte dias. E concorreu o Oscar  de canção original com duas músicas.

Danny Boyle traz um vigor novo pro Oscar. Mais que isso, trás um vigor novo ao cinema. Assim como fez “Cidade de Deus” de Fernando Meirelles, “Quem quer ser um Milionário” logo se tornará referência.

A prova que o cinema, e o próprio Oscar tem se tornado cada vez mais globalizado. Atores espanhóis, Indianos, Ingleses, com diretores ingleses, brasileiros,chineses, concorrendo ao maior prêmio do cinema americano.

É não somente os EUA, mas o cinema mundial descobrindo novas culturas, novas formas de narrar uma historia para essa arte centenária.

Uma produção quase que independente, que custou módicos 15 milhões de dólares. O filme mais barato, junto com “Milk” a concorrer ao prêmio de melhor filme no Oscar de 2008. Somente 10% do valor de seu concorrente, “Benjamin Botton”. Esse valor, levantou questionamentos sobre a forma de se fazer cinema em Hollywood pelos principais críticos americanos.

Fazer se pensar em novas maneiras de se fazer cinema é realmente trofeu a qualquer diretor. E qualquer filme.

“Quem quer ser um Milionário?” é um filme simplesmente IMPERDIVEL

Jair Santana

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: