“Milk – A Voz da Igualdade”, Gus Van Sant, 2008

milk-poster021

Milk - A Vo da Igualdade

“Milk – A Voz da Igualdade”, filme do polêmico, vanguardista e crítico Gus Van m Sant, um dos mais engajados diretores americanos, chega finalmente ao cinema, trazendo o peso de vários prêmios e indicações nos principais festivais de cinema do mundo. Bafta, Globo de Ouro, Independent Spirit Awards, e o mais popular de todos. o Oscar.

Mas não é isso que faz dele o filme essencial que é. Acima de tudo, mais que um filme gay, “Milk” discute algo maior, a liberdade individual. A liberdade de simplesmente ser quem se é. Que não é mas deveria ser inerente a qualquer ser humano.

O personagem Harvey Milk, vivido com segurança e entrega absoluta por Sean Penn, foi o primeiro americano assumidamente gay a ser eleito a um cargo público. Na cidade, hoje considerada a cidade mais gay dos EUA, São Francisco.

A construção do personagem por Sean Penn é incrível. A voz modificada, o olhar, as mãos. Em momento algum, Sean olha, fala e se comporta como Sean Penn. Esquecemos dele e vemos somente Harvey Milk.

Liberdade. É isso que filme discute. Mas também o ódio dos intolerantes, a incompreensão de políticos, religiosos e do povo em geral, em não aceitar o diferente. E muitas vezes, em não se aceitar. Talvez esse o grande motivo o fim do personagem. Assassinado brutalmente por seu colega de trabalho Dan White, interpretado pelo ótimo Josh Brolin.

Interessante observar a presença constante de Anita Bryant, lutando contra a liberdade de expressão e contra os direitos gays, porém sempre em imagens documentais. Anita Bryant é um dos personagens do filme, mas não interpretada por nem uma atriz. É sempre realmente, a própria Anita que aparece no filme com suas declarações de intolerância.

Anita Bryant virou sinônimo dessa intolerância, e sua luta contra os direitos homossexuais, acabou os unindo e fortalecendo movimentos GLS em todo os EUA.

Uma historia de luta pelos direitos individuais, contra o ódio dos intolerante,s e apesar de tudo, também de conquistas e vitórias.

O filme “Milk”, é baseado em fatos reais. O diretor faz uma curiosa mistura de dramaturgia ficcional com imagens documentais. A mistura desses dois elementos é o que esta contecendo de mais vanguardista no cinema hoje. Wu Yong, diretor chinês de “Inutil” faz algo parecido. Documentários, onde chega a construir a cenas com personagens reais.

Gus Van Sant faz o contrario, reconstrói a cena com atores, mistura imagens reais e faz a fotografia voltar lentamente a ficção. A fotografia de Harris Savides, é um presente para o espectador. A mistura de imagens de arquivo deu liberdade a construção de uma fotografia granulada, que nos faz parecer estar assistindo algo mais documental que ficcional.

O roteiro, realizado a partir de pesquisa, entrevistas e material doado (vídeo, fitas cassetes, diários) e uma fita onde o próprio Harley Milk conta sua historia, é apenas o primeiro roteiro de Dustin Lance Black, e foi premiado com Oscar de Roteiro Original e também foi indicado ao Bafta na mesma categoria.

“Milk” é um filme essencial. Não pelo cinema que é, mas pela historia que conta, pela mensagem que passa. Liberdade individual, aceitação do novo, do diferente, o entender que diferente não é anormal, e sim, simplesmente diferente. Harvey Milk foi um ser humano corajoso e exemplar. A ser seguido e acima de tudo compreendido.

Jair Santana

Anúncios

2 Respostas

  1. […] que independente, que custou módicos 15 milhões de dólares. O filme mais barato, junto com “Milk” a concorrer ao prêmio de melhor filme no Oscar de 2008. Somente 10% do valor de seu concorrente, […]

  2. […] Brolin está incrível no papel. O ator, que em “Milk” de Gus Van Sant interpretou outro político enfadonho, Dan White, faz aqui um outro trabalho […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: